Aços para Construção Mecânica
Legenda Ótima Boa Média Ruim
Denominações Composições Químicas Médias (%) Acabamento de fornecimento Temperatura Características Comparativo entre características Aplicações
Sae Gerdau Villares C Si Mn P S Cr Ni Mo Outros

Recozimento Pleno (ºC)

Dureza HB Max.

Têmpera (ºC)

Meio Dureza (HRC) Revenimento (ºC) Usinabilidade Resistência
Mecânica
Soldabilidade Forjabilidade Temperabilidade Tenacidade
Aços para Beneficiamento
4340 4340 VM 40 0,38
0,43
0,15
0,35
0,60
0,80
0,03
máx.
0,04
máx.
0,70
0,90
1,65
2,00
0,20
0,30

LAMINADO

TREFILADO

RETIFICADO

830 220 850 Banho de Sal /
Óleo
55/60 200 300 400 500 600 Aço de elevada temperabilidade e boa forjabilidade, porém com baixo nível de usinabilidade e soldabilidade.

Fabricação de eixos, bielas, virabrequins e peças com exigência de alta solicitação mecânica, na indústria aeroespacial, automobilística, de máquinas e equipamentos, etc.

52 48 42 35 28
8640 8640 VM 40 0,38
0,43
0,15
0,35
0,75
1,00
0,03
máx.
0,04
máx.
0,40
0,60
0,40
0,70
0,15
0,25
830 230 860 Banho de Sal /
Óleo
55/60 52 47 40 33 26 Aço de boa temperabilidade, boa forjabilidade, boa usinabilidade e boa soldabilidade. Fabricação de eixos, pinos, bielas, virabrequins e peças para a indústria agrícola, automobilística, de máquinas e equipamentos, etc.
4140 4140 VM 40 0,38
0,43
0,15
0,35
0,75
1,00
0,03
máx.
0,04
máx.
0,80
1,10
0,15
0,25
845 200 870 Banho de Sal /
Óleo
55/60 51 45 38 38 24 Aço de boa temperabilidade, boa forjabilidade e baixa soldabilidade. Na condição recozida apresenta boa usinabilidade. Fabricação de eixos, pinos, grampos, fixadores para a indústria agrícola, automobilística, de máquinas e equipamentos, etc.
Aços ao carbono
1045 1045 VT 45 0,43
0,50
0,15
0,35
0,60
0,90
0,03
máx
0,05
máx
LAMINADO
TREFILADO
RETIFICADO
845 185 845 Óleo / ÁGUA /
SALMOURA
50/55 56 51 40 31 22 Aço de excelente forjabilidade e boa usinabilidade. Utilizado na fabricação de peças para indústria mecânica em geral.
1020 1020 VT 30 0,18
0,23
0,15
0,35
0,30
0,60
0,03
máx
0,05
máx
LAMINADO
TREFILADO
RETIFICADO
870 111 930 900 ÁGUA /
SALMOURA
55/62 Aço de excelente forjabilidade e soldabilidade, baixa usinabilidade. Peças para indústria agrícola, automobilística, de máquinas e equipamentos.
Aços para cementação
4320 4320 VM 20 0,17
0,22
0,15
0,35
0,45
0,65
0,03
máx.
0,04
máx.
0,40
0,60
1,65
2,00
0,20
0,30
LAMINADO
TREFILADO
770 165 Cementação Têmpera Meio Dureza Aço de elevada temperabilidade, boa forjabilidade e boa soldabilidade. Destinado à fabricação de peças que necessitam endurecimento superficial por cementação.

Fabricação de engrenagens, pinhões, coroas, acoplamentos, pinos, e componentes de máquinas onde há exigência de alta dureza superficial, obtida por cementação, aliada a uma boa resistência do núcleo.

920 830 Banho de Sal /
Óleo
55/62
8620 8620 VM 20 0,18
0,23
0,15
0,35
0,70
0,90
0,03
máx.
0,04
máx.
0,40
0,60
0,40
0,70
0,15
0,25
LAMINADO
TREFILADO
880 160 920 830 Banho de Sal /
Óleo
55/62 Aço de boa temperabilidade, boa forjabilidade e boa soldabilidade. Destinado à fabricação de peças cementadas. Amplamente utilizado na fabricação de engrenagens, pinos, buchas e peças onde há exigência de dureza superficial, obtida por cementação ou carbonitretação.
5115
(DIN 16MnCr5)
0,14
0,19
0,40
máx.
1,00
1,30
0,035
máx.
0,035
máx.
0,80
1,10
LAMINADO
TREFILADO
880 160 920 Banho de Sal /
Óleo
55/62
5120
(DIN 20MnCr5)
0,17
0,22
0,40
máx.
1,10
1,40
0,035
máx.
0,035
máx.
1,00
1,30
LAMINADO
TREFILADO
880 160 920 Banho de Sal /
Óleo
55/62
Aços carbono comercial
1010/20 0,08
0,23
0,30
0,90
0,03
máx.
0,05
máx

LAMINADO

TREFILADO

RETIFICADO

870 111 930
(CEMENTAÇÃO)
ÁGUA / SALMOURA /
Banho de Sal
55/62 200 300 400 500 600 Aço de excelente soldabilidade.

Peças para indústria agrícola, automobilística, de máquinas e equipamentos.

ASMT A36 0,28
máx.
0,40
máx.
1,20 0,04
máx.
0,05
máx
870 120 PARA
CEMENTAÇÃO
OU TÊMPERA
E REVENIMENTO
Aço carbono com finalidade de utilização estrutural e em aplicações comuns. Estruturas metálicas, serralheiras, passarelas, máquinas e implementos agrícolas, implementos rodo ferroviários.
1040/45 0,43
0,50
0,60
0,90
0,03
máx.
0,05
máx
845 185 845 Óleo / ÁGUA /
SALMOURA
50/55 55 51 40 31 22 Aço de boa usinabilidade. Utilizado na fabricação de peças para indústria mecânica em geral.
Aços ao carbono ressulfurados e refosforados
12L14
DIN
9SMnPb36
11SMnPb37
12L14 0,15
máx.
0,85
1,15
0,04
0,09
0,26
0,35
    LAMINADO
TREFILADO
LAMINADO: 121
TREFILADO: 163
Aço de baixa liga com excelente usinabilidade, média soldabilidade e média conformabilidade a frio. Utilizados na produção seriada de peças de pequeno e médio porte apresentando grande produtividade em tornos automáticos e CNC's.
DIN
9SMn36
11SMn37
0,14
máx.
0,05
máx.
1,00
1,50
0,11
máx.
0,34
0,40
LAMINADO
TREFILADO
LAMINADO: 121
TREFILADO: 169
Boa usinabilidade devido ao seu alto teor de enxofre. As melhores condições são obtidas no estado encruado por trefilação a frio.
12L13
DIN
9SMn28
11SMn30
CORFAC
S 300
1213 0,14
máx.
0,05
máx.
0,90
1,30
0,11
máx.
0,27
0,33
LAMINADO
TREFILADO
LAMINADO: 121
TREFILADO: 169
DIN
11SMnPb30
CB 300 12L14 0,14
máx.
0,05
máx.
0,90
1,30
0,11
máx.
0,27
0,33
Bi
(BISMUTO)
LAMINADO
TREFILADO
LAMINADO: 140
TREFILADO: 180
Aço de baixa liga com excelente usinabilidade. A adição de bismuto torna-o apto a substituir os aços ressulfurados ao chumbo em todas as aplicações, com a vantagem de não ser tóxico por não conter chumbo.
1141 1141 VT 15 0,37
0,45
0,15
0,35
1,35
1,65
0,03
máx.
0,08
0,13
LAMINADO
TREFILADO
845 220 830 Óleo / ÁGUA 58 58 56 45 37 25 Aço ressulfurado de excelente usinabilidade, boa temperabilidade, boa conformabilidade e baixa soldabilidade.

Em função de sua elevada usinabilidade é utilizado na produção seriada de peças que necessitam boa resistência mecânica. Amplamente utilizado na indústria automotiva de máquinas e equipamentos.

Aços para molas
6150 6150 VN 50 0,48
0,53
0,15
0,35
0,70
0,90
0,03
máx.
0,04
máx.
0,80
1,10
V
0,15
min.
LAMINADO
TREFILADO
850 220 860 Banho de Sal /
Óleo
55/62 200 300 400 500 600 Aço de elevada temperabilidade, boa ductilidade e baixa soldabilidade. Na condição temperada e revenida, apresenta alta resistência mecânica e alta resistência à fadiga. Destinado à fabricação de molas com solicitação dinâmica, principalmente na indústria automotiva.
60 55 50 42 35
5160 5160 VN 50 0,56
0,64
0,15
0,35
0,75
1,00
0,03
máx.
0,04
máx.
0,70
0,90
LAMINADO
TREFILADO
830 200 850 Banho de Sal /
Óleo
53/60 60 55 50 40 33 Aço de alta temperabilidade e boa ductilidade.
Na condição beneficiada apresenta alta
resistência mecânica e boa resistência à fadiga.
Amplamente utilizado na fabricação de eixos automotivos, pinos, fixadores, molas planas, lâminas de corte, etc.
Aços para Nitretação
WNr.
1.8550
V8550T 0,30
0,37
0,40
máx.
0,40
0,70
0,025
máx.
0,03
máx.
1,50
1,80
0,85
1,15
0,15
0,25
AI
0,80
1,20
DESCASCADO
TORNEADO
580
à
660
Banho de Sal /
Óleo
28/32 Destinado à fabricação de peças nitretadas. Fornecido beneficiado com 28 à 32 HRC. Dureza na camada nitretada de aproximadamente 70HRC. Eixos e camisas de cilindro de máquinas extrusoras. Eixos de bombas e eixos em geral. Virabrequins, pinos, rotores, excêntricos e engrenagens.
Tubos Mecânicos e Estruturas
DIN
ST 52
M&M DO BRASIL 0,22
máx.
0,55
máx.
1,60
máx.
0,025
máx.
0,008
0,020
LAMINADO
TREFILADO
140
min.
850 / 950 920 Óleo / ÁGUA 56/62 Aço de excelente soldabilidade aliada a uma boa resistência mecânica. A adição de enxofre aumenta o nível da usinabilidade reduzindo o consumo de ferramentas. Componentes estruturais tubulares, pontes rolantes, plataformas, componentes mecânicos usinados para a indústria automotiva, mecânica petrolífera. Fabricação de circuitos e vasos de pressão (cilindros, tanques).
VMec 134 AP